“Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor.” (Cora Coralina)

29 de julho de 2011

Compreenda que o pensamento é força criadora.

Todo pensamento causa um efeito. Tudo o que pensamos, mais cedo ou mais tarde, voltará para nós cristalizado, seja em forma material ou emocional. O pensamento emite ondas vibracionais de alcance ilimitado, atravessa o tempo e o espaço e encontra frequências vibracionais semelhantes. Cada pensamento bom ou ruim encontrará a sua vibração gêmea, se unirá à ela, ganhará força e voltará como um bumerangue.
Para estar feliz, é necessário perceber o que produzimos diariamente com nossos pensamentos, palavras, atitudes, e nos corrigirmos constantemente.
Elogie mais as pessoas e evite criticá-las em seus pensamentos. Elogie a chuva, o Sol e seja mais otimista em qualquer situação da vida. Isso fará de você uma pessoa de alto astral e, com certeza, muito feliz pela paz de espírito que sentirá.
Todos nós participamos do ato criativo quando pensamos, ou proferimos palavras, ou temos um sentimento, ou emoção. Somos nós que criamos as situações de nossas vidas. Somos partículas do Universo e interagimos com ele em todos os níveis, precisamos manter uma atitude mental positiva para criarmos nossa felicidade.
Vamos pensar mais em situações boas, prosperidade, saúde, amor, harmonia, alegria, reforçando com o poder das palavras e sentimentos positivos, receberemos exatamente o que produzimos.
(A cura pela meditação - Cristina Cairo)

28 de julho de 2011

07 PASSOS P/ SUPERAR O CONTROLE DO EGO SOBRE VOCÊ

Aqui estão sete sugestões para ajudá-lo a transcender idéias arraigadas
sobre a própria importância. Todas estas são concebidas para ajudar a
impedi-lo de se identificar falsamente com a auto-importância do ego.

1. ­ Deixe de ficar ofendido

O comportamento dos outros não é motivo para ficar retido. Aquilo que o
ofende somente o enfraquece. Se estiver procurando ocasiões para ficar
ofendido, você as encontrará a cada oportunidade. Este é o seu ego operando,
convencendo-o de que o mundo não deveria ser assim. Mas você pode se tornar
um apreciador da vida e se equiparar ao Espírito universal da Criação.
Ficar ofendido cria a mesma energia destrutiva que o ofendeu em primeiro
lugar e leva ao ataque, ao contra-ataque e à guerra.

2. ­ Libere a sua necessidade de vencer

O ego adora nos dividir em vencedores e perdedores.
Você não é o seu prêmio ou a sua vitória. Não há perdedores em um mundo onde todos compartilham a mesma fonte de energia. Seja o observador, notando e apreciando tudo
isto sem precisar ganhar um troféu. Esteja em paz, e corresponda com a
energia da intenção. E, ironicamente, embora você quase não o perceba, mais
vitórias se apresentarão em sua vida quando menos as perseguir.

3. ­ Deixe ir a sua necessidade de estar certo

O ego é a fonte de muitos conflitos e desavenças, porque ele o empurra na
direção de tornar outras pessoas erradas. Quando você é hostil, está
desconectado do poder da intenção. Quando você escolhe o humor feliz, amoroso e espiritualizado, a sua conexão com a intenção é fortalecida. Estes momentos expandem no final das contas, a sua nova conexão com o poder da intenção. A Fonte Universal
começará a colaborar com você, criando a vida que você pretendia viver.

4. ­ Deixe ir a sua necessidade de ser superior

A verdadeira nobreza não se refere a ser melhor do que outra pessoa.
Trata-se de ser melhor do que você costumava ser. Permaneça focado em seu
crescimento, com uma consciência permanente de que ninguém neste planeta é
melhor do que outro. Todos nós emanamos da mesma força de vida criativa.
Todos nós temos uma missão de compreender a nossa essência pretendida. Um velho
provérbio, mas, entretanto, verdadeiro: Somos todos iguais aos olhos de
Deus.

5. ­ Deixe ir a necessidade de ter mais

O mantra do ego é mais. Ele nunca está satisfeito. Não importa quanto você
consiga ou adquira, seu ego vai insistir que não há o suficiente. Você se
encontrará em um estado perpétuo de esforço para obter, eliminando a
possibilidade de nunca chegar. Entretanto, na realidade, você já chegou, e
como você optar por usar este momento presente de sua vida, é sua escolha.

6. ­ Deixe de se identificar com base em suas realizações

Este pode ser um conceito difícil se pensar que vocês são as suas
realizações. Deus canta todas as músicas, Deus constrói todos os prédios,
Deus é a fonte de todas as suas realizações. Eu posso ouvir o seu ego
protestando em voz alta. Entretanto, permaneça atento a esta idéia. Tudo
emana da Fonte! Você e esta Fonte são um! Você não é este corpo e as suas
realizações. Você é o observador. Observe tudo isto; e seja grato pelas
habilidades que acumulou.

7. ­ Deixe ir a sua reputação

Sua reputação não está localizada em você. Ela reside nas mentes dos outros.
Portanto, você não tem nenhum controle sobre tudo isto. Se falar para 30
pessoas, você terá 30 reputações. Conectar-se à intenção significa ouvir o
seu coração e se conduzir baseado naquilo que a sua voz interior lhe diz que
é o seu propósito aqui. Se estiver muito preocupado em como será percebido
por todos, então você se desliga da intenção e permite que as opiniões dos
outros o oriente. Este é o seu ego operando. É uma ilusão que se interpõe
entre você e o poder da intenção. Permanecer no propósito, desligar-se do resultado, e assumir a responsabilidade pelo que faz, reside em você: seu caráter. Deixe que a sua
reputação seja debatida por outros. Ela nada tem a ver com você. Ou como o
título de um livro diz: O que você pensa de mim, não é da minha conta.

Por Wayne W. Dyer

21 de julho de 2011

Para meus amigos...

"Não sei se a vida é curta ou longa demais para nós,
mas sei que nada do que vivemos
tem sentido se não focamos o coração das pessoas.
E isso não é coisa de outro mundo.
É o sentido da vida!
É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa ,
Mas que seja intensa, verdadeira, para enquanto durar.
Muitas vezes basta ser colo que acolhe, braço que envolve,
palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia,
lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove."

Cora Coralina

18 de julho de 2011

Atitudes que drenam energias

1. Pensamentos obsessivos - Pensar gasta energia, e todos nós sabemos disso. Ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos, torna-se escravo da mente e acaba gastando a energia que poderia ser convertida em atitudes concretas, além de alimentar ainda mais os conflitos. Não basta estar atento ao volume de pensamentos, é preciso prestar atenção à qualidade deles. Pensamentos positivos, éticos e elevados podem recarregar as energias, enquanto o pessimismo consome energia e atrai mais negatividade para nossas vidas.

2. Sentimentos tóxicos - Choques emocionais e raiva intensa também esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas nutridos durante anos seguidos. Não é à toa que muitas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas. Isso acontece quando a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade são gastos na manutenção de sentimentos negativos. Medo e culpas também gastam energia, e a ansiedade descompassa a vida. Por outro lado, os sentimentos positivos, como a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a auto-estima, a alegria e o bom-humor recarregam as energias e dão força para empreender nossos projetos e superar os obstáculos.

3. Maus hábitos - Falta de cuidado com o corpo, descanso, boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos e o lazer são sempre colocados em segundo plano. A rotina corrida e a competitividade fazem com que haja negligência em relação a aspectos básicos para a manutenção da saúde energética.

4. Fugir do presente - As energias são colocadas onde a atenção é focada. O homem tem a tendência de achar que no passado as coisas eram mais fáceis: “bons tempos aqueles!”, costumam dizer. Tanto os saudosistas, que se apegam às lembranças do passado, quanto àqueles que não conseguem esquecer os traumas, colocam suas energias no passado. Por outro lado, os sonhadores ou as pessoas que vivem esperando pelo futuro, depositando nele sua felicidade e realização, deixam pouca ou nenhuma energia no presente. E é apenas no presente que podemos construir nossas vidas.

5. Falta de perdão - Perdoar significa soltar ressentimentos, mágoas e culpas. Libertar o que aconteceu e olhar para frente. Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregaremos, gastando menos energia ao alimentar as feridas do passado. Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca viver bem e quer seus caminhos livres, abertos para a felicidade. Quem não sabe perdoar os outros e a si mesmo, fica ”energeticamente obeso”, carregando fardos passados.

6. Mentira pessoal - Todos mentem ao longo da vida, mas para sustentar as mentiras muita energia é gasta. Somos educados para desempenhar papéis e não para sermos nós mesmos: a mocinha boazinha, o machão, a vítima, a mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, o mártir e o intelectual. Quando somos nós mesmos, a vida flui e tudo acontece com pouquíssimo esforço.

7. Viver a vida do outro - Ninguém vive só e por meio dos relacionamentos interpessoais evoluímos e nos realizamos, mas é preciso ter noção de limites e saber amadurecer também nossa individualidade. Esse equilíbrio nos resguarda energeticamente e nos recarrega. Quem cuida da vida do outro, sofrendo seus problemas e interferindo mais do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida. O único prêmio, nesse caso, é a frustração.

8. Bagunça e projetos inacabados - A bagunça afeta muito as pessoas, causando confusão mental e emocional. Um truque legal quando a vida anda confusa é arrumar a casa, os armários, gavetas, a bolsa e os documentos, além de fazer uma faxina no que está sujo. Na medida em que ordenamos e limpamos os objetos, também colocamos em ordem nossa mente e coração. Pode não resolver o problema, mas dá alívio. Não terminar as tarefas é outro “escape” de energia.  O desenvolvimento do autoconhecimento, da disciplina e da terminação fará com que você não invista em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão seu tempo e energia.

9. Afastamento da natureza - A natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e desarmonizas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia. A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias vitais.

14 de julho de 2011

Música boa!!!



A Idade do Céu (Jorge Drexler - Vs. Moska)

Não somos mais
Que uma gota de luz
Uma estrela que cai
Uma fagulha tão só
Na idade do céu
Não somos o que queríamos ser
Somos um breve pulsar
Em um silêncio antigo
Com a idade do céu
Calma
Tudo está em calma
Deixe que o beijo dure
Deixe que o tempo cure
Deixe que a alma
Tenha a mesma idade
Que a idade do céu
Não somos mais
Que um punhado de mar
Uma piada de Deus
Um capricho do sol
No jardim do céu
Não damos pé
Entre tanto tic-tac
Entre tanto big-bang
Somos um grão de sal no mar do céu.





Para refletir

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo. 
E que posso evitar que ela vá a falência. 

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. 

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. 

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um 'não'. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."


(Fernando Pessoa)