“Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor.” (Cora Coralina)

20 de novembro de 2013

Experiências

Ao nascermos, nos é oferecido todas oportunidades para nosso desenvolvimento moral e espiritual.


Para tal, o caminho a ser percorrido é um só, porém, inúmeros são os atalhos que apresenta.


O que são esses atalhos?


- “os chamamentos sedutores da matéria”!


Como a vida avança em ciclos, em cada existência buscamos e procuramos aplicar todos os conhecimentos que nos levem a paz, equilíbrio, liberdade, sabedoria e amor.


Mas poucos escolhem o caminho reto. Grande maioria opta pelos atalhos dos prazeres, riqueza e poder fazendo surgir provações e sofrimento.


É que muitos desconhecem quem são, de onde vieram, para onde irão e qual objetivo é o estar aqui e agora na Terra.


É preciso interiorização para que se faça a conexão entre a personalidade e o Espírito e, entre o Espírito e seus veículos de manifestação no mundo físico.


Nosso universo interno, é uma grande unidade, onde tudo está integrado e em interação constante com a Fonte Criadora.


Evoluímos enquanto aprendemos pelas experiências diárias, assim, construímos as condições perfeitas para que possamos reaprender a amar e ser amado.


Quando chegamos nessa etapa, começaremos a participar do caminho único, “o Caminho Crístico” da perfeição.


O objetivo da vida terrena é trilhar o caminho interno na busca da conexão gradual com nosso Espírito de Luz e com a Fonte Criadora.


Entretanto, para que isso aconteça, precisamos silenciar nossa mente concreta para que a “Mente abstrata” possa conduzí-la à reconhecer a realidade das emoções e sentimentos sutís superiores, ampliando nossa consciência para que possamos avançar pelo reto proceder.


Precisamos adentrar pelo reto caminho, etapa por etapa, evitando os atalhos ilusórios que só proporcionam sofrimento, e atrasam nossa evolução.


O reto caminho é difícil mas não devemos fugir às tribulações, às confusões e aos problemas que nos chegam a cada instante.


Necessário atenção a fim de sabermos onde somos fortes e onde nos encontramos enfraquecidos. 

Assim preparados poderemos alçar vôos mais elevados.


Infelizmente, muitos de nós escolhe os atalhos, vivendo adormecidos e iludidos perdendo tempo e não evoluindo.


As facilidades são muito sedutoras, mas escravizam.


As dificuldades, que tanto nos amedrontam, é que nos libertam.


É preciso refletir!

(Grupo de Apoio Fraterno)

Nenhum comentário:

Postar um comentário